As preciosas reflexões de um jornalista apartidário sobre a imprensa (e não só ela)

Xico Sá e o país da ‘mídia safada’