Jorge Viana quer convocar eleições, pois Senado “não pode prescindir de presidente com legitimidade”

A queda de Renan e o republicanismo fora de hora do PT