Bolsonaro está levando a pior e sendo desmascarado. Por Jean Wyllys

PUBLICADO NO FACEBOOK DE JEAN WYLLYS

Há três dias minhas redes sociais estão sob ataques de fascistas tupiniquins que me insultam e me ameaçam de morte. O que eles têm em comum entre si é o culto e referência ao deputado apologista da tortura e da ditadura militar, que está na Câmara dos Deputados há 26 anos conspirando contra democracia.

Sempre que esses ataques orquestrados via WhatsApp acontecem é porque o “mito” [deles] está levando a pior e sendo desmascarado. Nos últimos três dias, o apologista do estupro foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça a indenizar, por danos morais, a deputada Maria do Rosário e a se retratar publicamente; o Google decidiu tirar do ar a falsa notícia – FALSA NOTÍCIA – de que ele teria sido considerado “o parlamentar mais honesto do mundo”, que aparecia sempre que alguém fazia uma busca sobre ele (o Google inclusive se desculpou por ter permitido que essa mentira ficasse no ar por muito tempo); em visita a Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para “uma palestra “, o deputado homofóbico levou uma ovada de uma estudante (o ovo tem virado um símbolo de resistência popular contra os demagogos e fascistas que deram o golpe na democracia!); e, por fim, uma matéria de O Globo denuncia que o deputado corrupto que ofendeu os quilombolas está usando dinheiro da Câmara para fazer sua pré-campanha (ou seja, além das ausências nas sessões e de sua inutilidade, o deputado está usando de maneira ilícita o dinheiro da Câmara).

Logo, não é de espantar que suas hordas na internet – boa parte desta composta de perfis fakes movidos a robôs – comecem a me atacar, e a outras pessoas progressistas, como se fôssemos os culpados de seu “mito” não se sustentar em pé.

Até mesmo uma vereadora obscura, analfabeta política, de figurino cafonérrimo e pouco produtiva de Fortaleza, fã do deputado fascista, decidiu me atacar num vídeo, na esperança de dar algum sentido a seu mandato medíocre. Eu ri.

Os fascistas tupiniquins estão assanhados também porque o que aconteceu em Charlottesville mostrou, aos brasileiros, do que eles, os fascistas tupiniquins, são capazes e a que ideias servem. Dias difíceis para eles! E que sejam mesmo. Fascistas, racistas, machistas, demagogos e homofóbicos não passarão!