Correr na rua ou na esteira: qual é melhor para você?

why-run-1067324-TwoByOne

Publicado no El Hombre

Muitas pessoas são atormentadas pelo dilema: é melhor correr na rua ou na esteira? Para que você possa escolher a opção mais adequada à sua rotina de treino, vamos relacionar os prós e contras de cada modalidade.

ESTEIRA

PRÓS: A esteira é um ambiente mais seguro. Você você não precisa se preocupar em ser atropelado por carros ou em ficar desviando de pedestres, e também, do ponto de vista articular, esse equipamento possuí um sistema de amortecimento que, somado a um calçado adequado, irá evitar que você tenha um excesso de sobrecarga nas suas articulações como lombar, joelhos e tornozelos.

Além disso, o controle de velocidade e inclinação ajuda no fortalecimento muscular e no domínio de diversas variáveis que são benéficas para um treinamento completo.

CONTRAS: O lado negativo da esteira é que não é o corredor que empurra o solo para trás e, sim, o equipamento. Isso pode levar ao desenvolvimento de uma mecânica de corrida incorreta, em que a pessoa literalmente saltita durante a corrida, o que é contraprodutivo do ponto de vista articular e ruim para desempenhos em rua.

Além disso, por oferecer um terreno sempre reto (sem curvas) algumas musculaturas — como, por exemplo, o tibial anterior — acabam recebendo menos estimulo, o que pode gerar desequilíbrios musculares e lesões, caso a pessoa não realize um trabalho de fortalecimento muscular antes de iniciar os treinamentos para provas de rua.

RUA

PRÓS: Os treinamentos na rua têm a grande vantagem de estarem mais próximos da realidade que o aluno irá enfrentar caso venha a correr em uma prova, situação em que terá que desviar de buracos, fazer curvas, superar diferentes tipos de terrenos e inclinações — inclusive declínio, que poucos modelos de esteira oferecem.

Quanto ao controle de velocidade, o que os atletas normalmente utilizam, além da frequência cardíaca, é a cadência ou pace, que é o tempo que se leva para completar 1 km. Isso proporciona uma mensuração real da performance, que pode ser muito especifica para uma determinada corrida (caso o terreno em que você treine tenha as mesmas características).

Justamente pela variação do terreno, as musculaturas dos membros inferiores e do core (abdômen e lombar) são muito mais solicitadas do que na esteira e é recomendável realizar um fortalecimento muscular paralelo para evitar qualquer tipo de problema no futuro.

CONTRAS: A maior desvantagem da corrida de rua está mesmo nos fatores climáticos, já que é muito mais difícil correr na chuva ou de baixo de sol forte. Mas, para aqueles que competem, são fatores que ocorrem também durante uma prova. Então é bom estar preparado.

CONCLUSÃO

Ambos têm seus lados positivos e negativo. É fundamental que você utilize o que se encaixa melhor ao seu objetivo. Se você busca algo mais sério com a corrida, deverá realizar treinos de rua. Agora, se busca somente emagrecer e/ou ganhar condicionamento, correr apenas na esteira é ok. Mas para que você tenha um desenvolvimento completo, sugiro que você alterne seus treinamentos. Procure variar os terrenos, inclinações e explorar tanto a esteira quanto o asfalto.