FHC deu concessão de tv em Minas a amigo que dirigiu telejornalismo da Globo

Postado em 25 de fevereiro de 2016 às 9:50 pm

Uma das revelações de Mírian Dutra ao DCM acabou passando ao largo da imprensa, embora conte muito sobre o modus operandi de FHC em relação aos amigos.

FHC concedeu uma concessão de tevê ao jornalista Alberico de Souza Cruz, que comandou o telejornalismo da Globo entre 1990 e 1995.

Alberico era amigo íntimo de FHC. Os dois, quando FHC era senador, eram figuras frequentes na noite de Brasília ao lado das namoradas. (No caso de FHC, era Mírian Dutra.)

Alberico foi uma das figuras centrais na trama que tirou Mírian de cena e a pôs, calada, a 10 mil km de distância, na Europa, onde ela não seria um obstáculo para as pretensões presidenciais de FHC.

Em troca, FHC lhe deu uma concessão de tv fechada em Minas, o canal 21.

Foi para o canal 21 que FHC concedeu sua primeira entrevista para uma emissora fechada.

Em 2001, Alberico vendeu a emissora que ganhou de FHC para uma igreja evangélica, a Igreja Batista da Lagoinha.

Clique aqui e veja as 10 noticias que você precisa ler agora