Gilmar Mendes ainda não deu habeas corpus para livrar Jacob Barata da cadeia

Postado em 14 de novembro de 2017 às 11:52 am

 

A Polícia Federal cumpriu, nesta terça (14), mandados de prisão contra o empresário Jacob Barata Filho e Felipe Picciani, filho do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Jorge Picciani.

Os agentes fizeram ainda busca e apreensão nas casa do ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro, Lélis Teixeira, e na do deputado Paulo Mello. Gabinetes da Alerj também foram alvos de busca da PF.

A operação deflagrada na manhã desta terça – apelidada de Cadeia Velha – é um desdobramento de outra operação da Lava Jato no Rio de Janeiro, a Ponto Final, que investiga desvio de verba no setor de transporte público do estado.

A grande questão é quanto tempo Gilmar Mendes vai levar para conceder um novo habeas corpus para Barata. O DCM acha que antes do final da tarde Barata está livre para voar.

Unidos por negócios no transporte
x