Giraffas condenada por gerente que chamou funcionária de macaca Chita

Postado em 20 de outubro de 2017 às 10:59 am

Do Estadão:

A rede de lanchonetes Giraffas foi condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar indenização de R$ 10 mil por danos morais a uma atendente de loja do Rio. A Justiça, em todas as instâncias, entendeu que a funcionária sofreu ‘agressão fisica e racial’ pela gerente da unidade, comparando a maneira como foi tratada ao que era dispensado aos escravos.

A funcionária afirmou ter pego um pedaço de costela de porco durante o expediente para comer, quando foi repreendida pela gerente. Então, a chefe pediu que o alimento fosse levado à chapa para ser esquentado ao máximo. Em seguida, a gerente imobilizou a atendente com uma chave de braço e a forçou a comer a carne, enquanto a chamava de ‘chita’.

x