Prova de Medicina trata homossexualidade como doença

Postado em 19 de novembro de 2017 às 7:18 am

Do Estadão:

Um teste feito para estudantes de Medicina nas universidades da Itália causou polêmica por todo o país por conter uma pergunta que questiona o nível de homossexualidade nos seres humanos.

Na prova para avaliar o progresso do aluno, a pergunta questiona “qual das porcentagens apresentadas nas alternativas representam a melhor estimativa do homossexualismo no homem”, no contexto de um diagnóstico e solução a ser tomada contra certas doenças.

“É de gravidade sem precedentes que esta pergunta tenha sido feita em um teste de Medicina”, afirmou a ministra da Educação, Valeria Fedeli, ressaltando que espera que a questão seja eliminada e a pessoa responsável punida.

x