Suíço derrota xeque e é o novo presidente da Fifa

Postado em 26 de fevereiro de 2016 às 2:30 pm

Do iG:

A Fifa tem um novo presidente. Gianni Infantino, 45 anos, ítalo-suíço ex-secretário-geral da Uefa confirmou o favoritismo e será o novo mandatário da entidade máxima pelos próximos três anos após derrotar o xeque Salman bin Ebrahim al-Khalifa no segundo turno. Ele substituirá o suíço Joseph Blatter, que estava à frente do órgão há 18 anos e, depois de diversos escândalos envolvendo seu nome, resolveu renunciar ao cargo.

“Vamos restaurar a imagem da Fifa, vamos reconquistar a imagem da Fifa. Eu quero ser o presidente de todas as 209 associações nacionais. Eu percorri o planeta e vou continuar a fazê-lo”, disse logo após o anúncio.

“Estou demasiadamente emocionado, agradeço a todos mais uma vez e vamos trabalhar conjuntamente. Não tenho palavras”, continuou.

Além da Uefa, o dirigente de 45 anos contou com o apoio da Conmebol, inclusive da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que através de Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Baiana de Futebol, votou no ítalo-suíço.

No 1º turno, Infantino tinha vencido por pouco o xeque do Bahrein (88 a 85) e, por nenhum candidato atingir dois terços dos votos válidos, a eleição foi para o segundo turno, conforme regulamento da própria entidade.

 

Clique aqui e veja as 10 noticias que você precisa ler agora