Tijolaço: Osmar Serraglio não pode cair porque é do Cunha?

Postado em 20 de março de 2017 às 3:28 pm

De Fernando Brito em seu Tijolaço:

 

As amarras políticas – parte delas inconfessável –  de Michel Temer de fazer o que é evidente diante da onda de suspensão de importações da carne brasileira.

Agora é a China que anuncia a suspensão das importações de produtos brasileiros.

Não creio na existência de santos no céu, não teria porque crer que habitem os gabinetes dos donos de frigoríficos.

Mas também, certamente, não moram nas delegacias da Polícia Federal.

O que a Folha traz, hoje, é estarrecedor.

Em dois anos, apenas um frigorífico, de segunda ou terceira linha – eu, pelo menos, nunca ouvi falar dos produtos Itali, da Peccin – teve produtos periciados.

O resto foi grampo e, claro, deve conter irregularidades, porque tem  empresário corruptor e fiscal corrupto em qualquer lugar que se imagine, ninguém é criança.

É inexplicável que, por dois anos, diante de tantas monstruosidades que  foram divulgar na imprensa, não tenham apreendido um quilo de carne sequer.

Está envenenado, podre e deixam ir para os mercados?

É claro que um delegado ou policial federal não tem de pedir autorização ou orientação a ninguém para impedir e prender em flagrante qualquer tipo de crime.

Mas um delegado pode organizar sozinho uma operação com mais de 1.100 policiais, 10% do efetivo da PF em todo o país sem autorização de seus superiores?

O ministro da Justiça, responsável maior pela corporação, está ou não envolvido, como parece estar não apenas pelo telefonema quanto pelo lobby já noticiado em favor do funcionário-chefe da corrupção?

Está desmoralizado ao ponto de nem poder aparecer nas reuniões que tratam do tema?

A sua demissão, e não churrascadas de carne importada, é a resposta que se deve aos compradores dos produtos brasileiros, não há outra para dar o “pontapé inicial” na difícil operação de reparo de um estrago econômico que não é só perda para os ricaços da BRFoods ou da JBS, mas dos trabalhadores de toda a cadeia produtiva da carne e processados de proteína e para os que são responsáveis pelo insumo que isso demanda, do campo à indústria de embalagem, transporte e comercialização.

Mas não pode tirar o Serraglio porque é do Cunha e a esperança de arrumar um jeitinho para acalmar o ex-comparsa do golpe?

 

Clique aqui e veja as 10 noticias que você precisa ler agora