O Clarín admite ter usado ‘jornalismo de guerra’ para destruir Cristina K — o mesmo método da imprensa brasileira

O ambiente jornalístico argentino está em chamas. O motivo é uma confissão. O jornalista Julio Blanck, editor chefe e colunista político do Clarín, admitiu, numa entrevista, que seu jornal praticou um “jornalismo de guerra” contra Cristina Kirchner. Ele acrescentou...
Postado em 18 Jul 2016

“Erdogan vai fortalecer sua posição de poder”, diz especialista

Publicado na DW.   Em entrevista à Deutsche Welle, o editor e estudioso do Islã Michael Lüders, presidente da Sociedade Árabe-Alemã, afirma que é muito simplista imaginar que o Movimento Gülen esteja por trás do levante e que esse fosse capaz de realizar sozinho o golpe de...
Postado em 17 Jul 2016

Os adeptos brasileiros da intervenção militar estão convidados a passar férias na Turquia. Por Kiko Nogueira

  Um balanço do golpe fracassado na Turquia, até agora, segundo números mais ou menos oficiais: 265 mortos; 1500 feridos; 2800 militares presos. Esses dados deveriam ser esfregados com mamona na cara e nas partes pudendas dos indigentes mentais que, no Brasil, saíram às ruas...
Postado em 16 Jul 2016

A maior lição do golpe na Turquia para os brasileiros. Por Paulo Nogueira

O povo na rua derruba até golpe militar. Esta é a principal lição dos acontecimentos das últimas horas na Turquia. Temer tem tido vida mansa. Esta é a verdade. Ele e os golpistas. Outro ponto interessante é a comparação entre o que está ocorrendo no Brasil e o que está ocorrendo...
Postado em 16 Jul 2016

A pergunta que o Ocidente não se faz depois de tragédias como a de Nice. Por Paulo Nogueira

Primeiro, e acima de tudo, um pesar absoluto, incondicional pelas vítimas do atentado de ontem em Nice. Palavras não expressam o horror representado pelo terrorismo. Vidas inocentes são destruídas estupidamente. Tudo isto posto, e repetido, é incrível como o Ocidente foge da...
Postado em 15 Jul 2016

Passagem pela polícia, mas sem ligação com o terror: o mistério do autor do massacre em Nice

Publicado na DW:   O autor do ataque em Nice, no sul da França, que matou ao menos 84 pessoas com um caminhão nesta quinta-feira (14/07) foi identificado por autoridades como sendo o tunisiano Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos. Nascido em 1985 na Tunísia, Bouhlel tinha...
Postado em 15 Jul 2016

Como a Suécia evita a corrupção em empresas estatais. Por Claudia Wallin

  O auditor sueco me ouve com aquela expressão de quem tenta medir o QI do seu interlocutor. A pergunta é – como evitar a corrupção em empresas estatais, e impedir sua utilização como pólos de transferência de recursos públicos para grupos privados bem conectados com o...
Postado em 11 Jul 2016

Nos EUA e no Brasil, o paradoxo de um povo armado que pede paz. Por Mauro Donato

  As mais recentes mortes de negros pelas armas de policiais americanos suscitou os protestos que geraram um desdobramento trágico em Dallas: munido de vingança, Micah Johnson matou 5 PMs. A coisa tomou volume, os protestos aumentaram, assim como a repressão policial. Mais...
Postado em 11 Jul 2016