O fotógrafo Lula Marques brilhou ao mostrar a outra face de Moro na Câmara. Por Kiko Nogueira

O Sérgio Moro que aparece nas fotografias publicadas na mídia brasileira tem sempre a mesma face inexpugnável e heroica. A intenção evidente é transmitir todas as virtudes do semideus que está acabando com a corrupção no Brasil.

Os romanos foram os difusores do retrato triunfal, registrando seus modelos em cenas históricas, batalhas e outros episódios importantes. A função era política, documental e comemorativa. Qualquer paspalho saía, como dizia Cícero, bem na foto.

A brilhante série de fotos de Moro produzida por Lula Marques, reproduzidas abaixo, cumpre a função de deixar o juiz nu, no bom sentido. Elas o mostram nervoso, agitado, tenso, impaciente, atrapalhado, patético — humano.

Moro participava de uma audiência pública na Câmara dos Deputados, em que foi confrontado por três parlamentares petistas que o acusaram de atuar de forma parcial, partidária e ilegal.

Recusou-se a responder às perguntas. Mas o corpo fala. E Marques registrou cada palavra através de imagens.