Onde foram parar os iPads dos netos de Lula e o celular de dona Mariza? Por Paulo Nogueira

Devolvam as coisas da família de Lula
Devolvam as coisas da família de Lula

Este artigo está sendo republicado.

 

Lula levantou um ponto que ninguém explorou, em seu pronunciamento de ontem.

A PF, contou ele, levou o celular de Dona Mariza e os Ipads dos netos na estrambótica condução coercitiva a que ele foi submetido por Moro e asseclas da Lava Jato.

A pergunta imediata que vem é esta: por que pegaram? E mais ainda: por que não devolveram?

Onde foram parar estes aparelhos? Numa gaveta? Já se passaram meses desde que a PF os apreendeu: o que justifica guardar?

A decência comum manda que você devolva coisas que apreenda, a não ser que elas tenham algum valor especial.

Mas Lula é Lula.

Se a PF levasse um dia o celular de Claudia Cruz, quanto tempo levaria para ele ser devolvido com flores e um pedido de desculpas?

Esta é a essência da Lava Jato. Os delegados não conseguiram encontrar Claudia Cruz para intimá-la. Mas o repórter Roberto Cabrini a achou exatamente onde ela deveria estar: em casa. Naquela casa opulenta em que ela mora com o marido Cunha e que é incompatível com os vencimentos de um deputado federal.

Quanto a Lula e família, a PF parece ter o estranho entendimento de que os gadjets da família podem ser subtraídos e jamais, jamais devolvidos.