VÍDEO: o advogado Carlos Miguel Aidar conta como foi o golpe aplicado por Filgueiras, o amigo de Teori

Filgueiras no Emiliano
Filgueiras no Emiliano

Esta reportagem é parte do nosso novo crowdfunding, com o qual você pode colaborar aqui. A série de matérias está sendo realizada por Joaquim de Carvalho. 

 

O Hotel Emiliano havia sido penhorado pela Justiça por causa de uma fraude perpetrada pelas empresas de Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, amigo de Teori que morreu com ele no acidente em Paraty, contra uma família que, em má hora, aceitou um projeto de incorporação.

As empresas Tuama, Winner, CTD e IN Imóveis, do Grupo Tuama, de Filgueiras, construíram um condomínio em uma grande área que pertencia ao casal Antônio Victor e Beatriz Batista de Carvalho em Moema, uma das regiões mais caras de São Paulo.

Pelo contrato, as empresas de Filgueiras fariam um prédio com apartamentos de alto padrão e entregariam seis unidades aos proprietários da área.

As empresas de Filgueiras mudaram o projeto original, sem consultar os proprietários do terreno, fizeram unidades menores, venderam todas e não entregaram nenhum apartamento aos donos da área.

O casal procurou o escritório do advogado Carlos Miguel Aidar, ex-presidente da OAB em São Paulo, e há mais de 20 anos teve início uma disputa judicial.

A fraude foi comprovada e, depois de julgados todos os recursos, alguns anos mais tarde, a Justiça autorizou a execução da dívida.

“A dívida não era mais só de seis apartamentos e a renda que esses apartamentos iriam proporcionar, ao longo de vinte anos. A indenização hoje, para apurar na ponta do lápis, passa de 100 milhões de reais”, diz Aidar. Mas o escritório de Carlos Miguel Aidar não encontrou nenhum bem que pudesse ser executado em nome das empresas.

Ainda conta, nessa entrevista, detalhes sobre o caso. “O que causou muita estranheza nesta história toda, e talvez seja este o motivo da nossa conversa, foi ver o ministro Teori Zavascki, que eu reputo ter sido um grande jurista, um grande magistrado, embarcar num avião do Filgueiras”, diz.

A entrevista foi concedida a Joaquim de Carvalho. Assista abaixo:

 

O QUE JÁ PUBLICAMOS SOBRE O CASO TEORI & FILGUEIRAS

EXCLUSIVO: Aeronáutica pede fim de sigilo de inquérito do acidente que matou Teori. Por Joaquim de Carvalho

Teori votou a favor de indenização milionária da DERSA que favoreceu seu amigo Filgueiras, dono do Emiliano.

Como as empresas do amigo de Teori foram condenadas por golpe e o STJ livrou o hotel Emiliano da penhora.

Exclusivo: STJ evitou penhora de hotel Emiliano, do amigo de Teori, depois que empresas foram condenadas por fraude

Ex-sócio de Roberto Carlos, garimpeiro, lobista… a verdadeira face de Filgueiras, o amigo de Teori. Por Joaquim de Carvalho

De PC Farias a Teori: quando as teorias conspiratórias são mais fortes que os fatos. Por Joaquim de Carvalho

O destino de Maíra, que ganhou de presente uma viagem no avião do dono do Emiliano. Por Joaquim de Carvalho

Os crimes ambientais na ilha do amigo de Teori e na Paraty House dos Marinhos. Por Joaquim de Carvalho