PF verifica mensagens e ligações do advogado de Adélio Bispo

A Polícia Federal tem analisado imagens do advogado de Adélio Bispo

A Polícia Federal passou a verificar o material apreendido no escritório dos advogados que defendem Adélio Bispo, responsável pela facada contra Bolsonaro. Os policiais analisaram as trocas de mensagens, ligações telefônicas e trocas de e-mails. A PF também tem visto imagens do circuito de segurança do escritório do criminalista, além das contas bancárias.

“A princípio, recebemos o inquérito e estamos olhando o material que foi apreendido com o advogado. O que estava suspenso era a análise do telefone dele. Aí, pode ter tudo lá dentro”, disse o delegado Rodrigo Morais para o jornal O Globo.

O policial relatou que não há uma data para concluir a análise do material que está nas mãos da PF desde 2018. Vale ressaltar que os policiais não encontram nenhuma prova que Adélio agiu em conjunto com outra pessoa. A conclusão da Polícia Federal era que Bispo tinha atuado sozinho.

Leia mais:

1 – Usuário que se apossou do Coronel Siqueira tira perfil do ar após ser desmentido por esposa do criador

2 – Esposa de criador do Coronel Siqueira diz que perfil foi tomado: “Vamos processar”

3 – Pacheco defende reforma administrativa e ressalta que servidores “não podem ser demonizados”

Bolsonaro e Adélio Bispo

Em 2018, Bolsonaro era candidato à Presidência da República e foi esfaqueado em Minas Gerais por Adélio. Ele precisou ser internado e passar por uma cirurgia para sobreviver. O então deputado decidiu não participar dos debates do segundo turno e venceu a eleição.

Conforme revelou o DCM, Bispo tem sido pressionado na penitenciária. A intenção é que o rapaz confesse um suposto mandante do crime.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.

Naian Lopes:
Related Post
Disqus Comments Loading...