Acredite se quiser: Reforma de Doria no Palácio dos Bandeirantes custou R$ 1,1 milhão

Publicado em 2 abril, 2019 10:09 am
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anuncia programa de incentivo fiscal para montadoras (Governo do Estado de São Paulo/Agência Brasil)

A Coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo informa que o governador de SP, João Doria, determinou à Secretaria de Governo que envie os dados sobre a reforma que fez no Palácio dos Bandeirantes ao TCE (Tribunal de Contas do Estado). Assinada pela arquiteta Joia Bergamo, a obra estaria, segundo a assessoria do governador, abaixo do orçamento de R$ 9,5 milhões aprovado em uma licitação feita há cinco anos para a manutenção do Palácio dos Bandeirantes –até agora foram gastos R$ 1,1 milhão com a reforma.

De acordo com a publicação, ainda segundo a assessoria, foram feitos reparos em goteiras, retirada de cupins, consertos em infiltrações, pintura, instalação de piso vinílico sobre taco e adequações da planta da antiga ala residencial, que virou o gabinete de trabalho de Doria, com paredes de drywall. A reforma vinha sofrendo questionamentos, entre outras coisas, porque seus custos não tinham sido ainda revelados.

Doria determinou então que ele fosse informado ao tribunal antes de eventuais questionamentos oficiais. O governador ordenou também que as fotos de áreas que ainda não passaram por manutenção sejam publicadas no Portal do Governo, completa a Folha.