Bolsonaro é “figura do paizão” numa “nação abençoada”, diz ex-vocalista dos Raimundos

Publicado em 22 julho, 2019 11:22 pm
Imagem: Rodolfo Abrantes/Reprodução

Do Conexão Política.

Em uma entrevista dada ao canal de Youtube Abundante Vida, Rodolfo Abrantes (46), que mobilizou a nação com canções através da banda Raimundos, contou sobre a sua transformação, sua nova visão de vida e comentou sobre a atual conjuntura política brasileira.

A entrevista aconteceu na sede da Igreja Abundante Vida, em Londres na Inglaterra e foi publicada nesta última terça-feira (16).

(…)

Bolsonaro
“Eu vejo um governo que assume pela primeira vez a presidência de um país. É um o governo que… vai ter que aprender a ser presidente. O Bolsonaro pra mim não é um mito. Ele não é um salvador. Ele foi uma voz, ele foi…essa eleição pra mim, ela… eu tinha uma preocupação muito maior do que ver o Bolsonaro sendo eleito…era não ver o PT ser eleito de novo”, falou Rodolfo.

“Chega do mesmo, sabe? O mesmo eu já sei como é que é. Eu quero algo novo que me dê esperança, pelo menos. Então, eu percebo alguns erros, assim, naturais. Eu nunca vi um governo que não erre. Mas, eu percebo uma firmeza de convicção. Assim, quem conhece o presidente pessoalmente – eu não o conheço – mas eu conheço muitas pessoas que o conhecem, dizem que ele é um cara extremamente simples, acessível e que você não tem surpresa com ele. Ele é exatamente aquilo ali”.

“Então é assim, aquela figura do paizão. Aquele cara que é meio xucro, que é meio grosso, mas é aquilo ali. Então, eu tenho bons olhos. Eu creio que o Brasil…cara, de certa forma removeu um trono de iniquidade na nação, e só por isso a nação já é abençoada. E agora é orar para que ele dê os passos certos, né? ”, disse ele.

(…)