Clarín lidera grupo de sonegadores argentinos no HSBC da Suíça

Publicado em 11 fevereiro, 2015 8:50 am

Do site argentino infojus notícias:

O Grupo Clarín, com mais de 100 milhões de dólares depositados no HSBC da Suíça, lidera a lista de argentinos com fundos em Genebra não declarados à Administración Federal de Ingresos Públicos (AFIP). Na lista também figuram o Grupo Fortabat, Telecom Argentina, Mastellone e até a distribuidora de energia elétrica Edesur, denunciada por não investir corretamente no atendimento de energia na região metropolitana de Buenos Aires.

A notícia está confirmada na lista publicada nesta terça-feira pelo jornal La Nación, com base nos dados que obteve do jornal francês Le Monde e compartilhado com o Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, em inglês).

Nela, o Grupo Clarín lidera a lista dos 4.620 argentinos com contas não declaradas na Suíça, com 3.505 milhões de dólares. Lá o Grupo possui uma conta em nome da Cablevisión com US$ 85.212.848, e outra em nome da Multicanal com US$ 20.879.626.