Datafolha: Maioria se opõe a plano de Bolsonaro para o trânsito

Publicado em 14 julho, 2019 10:22 pm
El presidente de Brasil, Jair Bolsonaro, durante la entrevista con Clarín en Brasilia. Foto Marcos Corrêa/Presidencia de Brasi

Reportagem de Artur Rodrigues na Folha de S.Paulo informa que os projetos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que afrouxam a fiscalização de trânsito são reprovados pela maioria da população, segundo pesquisa Datafolha. A proposta de acabar com a multa para quem transporta crianças de até sete anos sem cadeirinhas nos veículos é a que tem maior oposição, de 68% dos entrevistados.

De acordo com a publicação, pelo projeto de lei do presidente, a penalidade pecuniária seria substituída por uma advertência por escrito. Bolsonaro ainda prometeu acabar com radares de velocidade nas rodovias, o que é reprovado por 67% dos que responderam a pesquisa. Uma parcela também majoritária, embora menor, é contrária ao plano de aumentar de 20 para 40 o limite de pontos da carteira de habilitação: 56%. 

A pesquisa foi realizada nos dias 4 e 5 de julho, com 2.006 pessoas acima de 18 anos, em 130 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Em junho, Bolsonaro entregou ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), projeto de lei com uma série de modificações do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) que diminuem a chance de condutores serem multados, completa a Folha.