Deputado David Miranda, marido de Glenn Greenwald, vai à PF registrar ameaças

Publicado em 17 junho, 2019 1:09 pm
David Miranda. Foto: Divulgação/Twitter

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) encaminhou para a Polícia Federal uma denúncia sobre as ameaças recebidas desde os vazamentos de conversas da Lava Jato noticiados no dia 9 de junho pelo portal The Intercept Brasil. O registro foi feito na terça-feira 11. Segundo a assessoria jurídica, a denúncia foi anexada a uma queixa-crime já relatada em março, sobre ataques sofridos quando substituiu o posto de Jean Wyllys.

O caso está na Corregedoria Regional da Superintendência da Polícia Federal do Distrito Federal. A assessoria do parlamentar informou que, para a defesa, entende-se o título penal como ameaça e crimes contra a honra. De acordo com a Folha de S. Paulo, os dois filhos adotivos de Miranda também são alvo de ameaças. O deputado é casado com o jornalista americano Glenn Greenwald, responsável pelo site que divulgou mensagens privadas do ministro da Justiça, Sérgio Moro, quando era juiz na Operação Lava Jato, com os procuradores da força-tarefa.

(…)