Globo é condenada a pagar valor milionário para funcionário demitido

a emissora terá de arcar com mais de R$ 900 mil.
Foto: Reprodução

Após ter sido demitido em plena pandemia da Covid-19, o funcionário Gabriel Sant Anna da Silva moveu um processo contra TV Globo. A emissora anunciou em comunicado a demissão em fevereiro de 2021. Após a denúncia, a Justiça do Trabalho declarou que a empresa terá de arcar com mais de R$ 900 mil em indenização a Gabriel.

Segundo documentos do processo, a juíza Danielle Soares Abeijon dá ganho de causa para Gabriel. Ele entrou com a ação em março de 2021 pedindo R$ 2,7 milhões da Globo e em sua petição inicial ele justifica que foi contratado em 2007, com salário de R$ 1,2 mil por mês na função de engenheiro elétrico, e depois virou Especialista em Tecnologia dez anos depois.

“Nesse aspecto, informa que, apesar da alteração registrada dos cargos, não houve efetiva mudança das atividades entre Técnico de Sistemas e Especialista em Tecnologia. Durante a contratualidade, o Reclamante habitualmente, laborava em jornada extraordinária e não gozava integralmente do intervalo intrajornada”, diz trecho do documento do processo.

Os advogados de Gabriel mostraram que ele foi obrigado a assinar o acordo para prorrogação de jornada de trabalho, o que é considerado ilegal. Ou seja, o documento mostrou que o funcionário deveria trabalhar 36 horas semanais, mas acabava trabalhando mais.

“Ao longo da contratualidade, o Reclamante laborou em horários variados, em conformidade com os produtos da Reclamada em que estivesse alocado, podendo laborar na parte da manhã, tarde ou noite, de segunda-feira a sábado e 2 (dois) domingos ao mês”, diz trecho do pedido.

Ainda segundo a juíza do caso, ela conclui que com todos os cálculos feitos pela Justiça do Trabalho, a Globo deve indenizar o valor de R$ 17.880,25 e também R$ 638,46 como custas de liquidação, totalizando R$ 912.531,39 para Gabriel.

Clique aqui para se inscrever no curso do DCM em parceria com o Instituto Cultiva

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link

Ezequiel Vieira:
Related Post
Disqus Comments Loading...