Metrô, trens e ônibus de São Paulo confirmam adesão à greve geral do dia 14

Publicado em 12 junho, 2019 12:01 am
Metrô

Da Exame:

Em protesto contra a proposta da reforma da Previdência,sindicatos e centrais sindicais de todo o Brasil estão convocando a população para uma greve geral a partir da 0 hora da próxima sexta-feira (14) com duração prevista de 24 horas.

Trabalhadores do sistema público de transporte urbano de São Paulo confirmaram a adesão à paralisação. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) reforçou em plenária, na noite de segunda-feira (10), a participação dos trabalhadores dos sistemas rodoviário, metroviário e ferroviário de Grande São Paulo, da Baixada Santista e de outras cidades do interior do estado.

De acordo com nota da CUT, a greve é contra o projeto da reforma da Previdência e os cortes na educação do governo de Jair Bolsonaro (PSL) e por mais empregos.

A paralisação foi acordada por trabalhadores de sindicatos, federações e confederações do ramo de transporte filiados às centrais sindicais CUT, Força Sindical, Nova Central, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, CGTB, CSB e UGT.

(…)