Migração de bandidos ao Rio é causada pela medida do STF, diz coronel da PM

Foto: Daniele Dutra/Metrópoles

Nesta terça-feira (24), na Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio de Janeiro, uma ação conjunta da Polícia Militar (PM) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deixou 22 mortos.

Segundo os policiais, o objetivo era capturar criminosos do Comando Vermelho. O coronel da PM Luiz Henrique Pires, em entrevista coletiva, relatou que supostos bandidos estariam vindo do Pará, Amazonas, Bahia, Ceará, Alagoas e Rio Grande do Norte. E culpou o Supremo Tribunal Federal (STF) por essa movimentação.

“A gente começou a reparar essa movimentação, essa tendência deles de migração para o Rio, a partir da decisão do STF”,declarou. “A tendência do esconderijo deles é fruto dessa decisão do STF, que limitou a ação das forças policias”, completou.

“A intenção era que essa operação fosse feita fora da comunidade. O grupo estaria indo para outra região, da Rocinha. De forma emergencial, tivemos que iniciar a operação com autorização do Ministério Público. O objetivo era fazer a prisão desses homens em flagrante”, acrescentou o tenente coronel do Bope, Uirá do Nascimento Ferreira.

Na madrugada desta terça-feira (24), agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), iniciaram operação na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio, com o intuito de prender chefes do Comando Vermelho escondidos na Vila Cruzeiro. A operação resultou em confronto com a facção. Segundo a PM, 22 pessoas morreram com o tiroteio, numa ação que durou 12 horas.

Clique aqui para se inscrever no curso do DCM em parceria com o Instituto Cultiva

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link

Yurick Luz:
Related Post
Disqus Comments Loading...