Para ‘príncipe’, eleitores do Sul e do Sudeste são superiores aos do Norte e do Nordeste

Publicado em 27 fevereiro, 2020 9:05 pm
Luiz Philippe Bragança. Foto: Reprodução/Facebook

Da Folha:

Um dos mais influentes deputados da base parlamentar de Jair Bolsonaro, Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PSL-SP) diz que a manifestação convocada por governistas para 15 de março é resposta a uma tentativa do Congresso de provocar o impeachment do presidente.

Segundo Luiz Philippe, que deve ter posição de destaque no novo partido Aliança Pelo Brasil, a população deve pressionar o Congresso e fazer reformas defendidas por Bolsonaro. Mas, nessa entrevista ao blog, ele descarta a defesa de pautas mais radicais, como o fechamento do Congresso.

(…)

Colocar-se contra o Congresso seria o que na prática? Defender seu fechamento? Não, não vejo fechamento do Congresso. Isso não tem cabimento. O Executivo colocou em pauta todas as reformas. O Congresso aguou ou engavetou. A população foi às ruas para empurrar as reformas. Quem fez a reforma da Previdência foi a vontade popular das ruas. O Congresso, em sua maioria no Norte e no Nordeste, foi eleito pela velha política, com prefeitos, cabresto, emendas parlamentares. O Sul/Sudeste é outro padrão. O eleitor que me elegeu tem um vínculo direto comigo. Bate papo, sabe tudo que eu votei, debatemos abertamente. A população está muito ativa, muito ligada ao que acontece em Brasília.

(…)