‘Pode significar derrota na guerra contra a corrupção’, diz Janaína sobre decisão de Toffoli

Publicado em 16 julho, 2019 1:27 pm

Do Globo

Janaína Paschoal ganhou notoriedade, em 2015, como autora do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e pode ser candidata a vice na chapa de Bolsonaro. Foto: Agência Brasil

A deputada estadual Janaína Paschoal classificou como “preocupante” a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de mandar suspender os processos judiciais e as investigações em que dados bancários de investigados tenham sido compartilhados por órgãos de controle sem autorização prévia do Poder Judiciário. A decisão foi dada em resposta a um pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), correligionário de Janaína que pode ser beneficiado em ações na Justiça do Rio.

Na visão da deputada, a decisão de Toffoli pode configurar uma “derrota considerável” nos esforços anti-corrupção.

“Ainda é cedo para avaliar, mas a decisão prolatada pelo Ministro Toffoli, na data de hoje, pode significar uma derrota considerável na guerra contra a corrupção e um primeiro passo para anular processos e até condenações. Preocupante!”, escreveu Janaína no Twitter, sem mencionar um caso específico.

(…)