Polícia Federal prende assessor especial de ministro do Turismo em caso dos laranjas do PSL

Publicado em 27 junho, 2019 8:11 am
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que teria patrocinado um esquema de candidaturas laranjas em MG – Valter Campanato/Agência Brasil

Da Folha:

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) em Brasília e em Minas Gerais operação contra um assessor especial e dois ex-assessores do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, em razão de investigação sobre candidaturas de laranjas do PSL na eleição de 2018.

A ação da PF é decorrência da apuração sobre caso revelado pela Folha em fevereiro. Há mandados em andamento de prisão e busca e apreensão, autorizados pela Justiça de Minas Gerais.

Em Brasília, policiais prenderam Mateus Von Rondon Martins. Ele é assessor especial no Ministério do Turismo, ele é um dos mais próximos aliados de Álvaro Antonio. É seu braço-direito na pasta do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Outro preso é Roberto Silva Soares, conhecido como Robertinho Soares, que foi o coordenador da campanha de Álvaro Antônio no Vale do Aço, em Minas, e figurou como assessor de seu gabinete na Câmara dos Deputados em períodos compreendidos entre 2015 e 2018.

(…)