Presidente dos EUA já nomeou um filho embaixador. No século 18

Publicado em 12 julho, 2019 9:43 pm
Eduardo Bolsonaro e suas credenciais para ser embaixador nos EUA

Da DW:

Apenas um presidente americano indicou um parente direto para um importante cargo diplomático: John Adams, o segundo ocupante da Casa Branca, que governou os EUA entre 1797 e 1801. Alguns meses após assumir o cargo, Adams nomeou seu filho, John Quincy, como embaixador dos Estados Unidos na antiga Prússia.

Porém, Quincy já era um diplomata veterano, tendo chefiado as representações dos EUA na Holanda e Portugal no governo do antecessor do seu pai, George Washington. Ele ainda seria nomeado como embaixador na Rússia e no Reino Unido mais de uma década depois de o pai deixar a Presidência.