Turista é presa após fazer saudação nazista no campo de concentração de Auschwitz

Campo de concentração auschwitz

Campo de concentração Auschwitz

Uma turista holandesa foi detida na Polônia após fazer uma saudação nazista no antigo campo de concentração de Auschwitz-Birkenau. A polícia local disse: “A mulher de 29 anos fez o gesto em frente ao portão com os dizeres Arbeit Macht Frei (“O Trabalho Liberta”).

A mulher não identificada, foi acusada de se envolver em propaganda Nazista. Os promotores emitiram uma multa e ela concordou em pagar. Ela estava posando para o marido tirar uma foto. Com informações do G1.

Não é a primeira vez que isso acontece, que turistas são detidos por promover propaganda nazista na Polônia. Em 2013, dois estudantes turcos foram condenados a seis meses de prisão e multados por uma saudação nazista parecida em Auschwitz.

Leia mais

1-Flávio e Eduardo Bolsonaro usaram R$ 500 mil do Congresso, mas não aprovaram nada em 2021

2-Bolsonaro sanciona Orçamento e mantém R$ 1,7 bi para reajuste de servidores

3-Bolsonaro sanciona Orçamento e mantém R$ 1,7 bi para reajuste de servidores

Alemanha nazista

O governo de Hitler ficou de 1933 a 1945, que era o Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores. Em apenas quatro anos e meio, a Alemanha nazista assassinou pelo menos 1.1 milhão de pessoas em Auschwitz. Quase 1 milhão eram judeus. Ao menos, 6 milhões de judeus morreram no Holocausto.

O campo de concentração de Auschwitz era o centro desse genocídio, foi onde mais vidas foram perdidas.  As tropas soviéticas libertaram o campo no início de 1945. As pessoas que eram deportadas para o campo, foram mortos em câmaras de gás, passaram fome, trabalharam até a morte e foram submetidos a experimentos médicos.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link

 

Flávia Barros:
Related Post
Disqus Comments Loading...