Pastor acusado de pedofilia pela cantora gospel Bianca Toledo é absolvido: mais um caso de injustiça na conta de Magno Malta. Por Daniel Trevisan

Bianca Toledo, Felipe Heiderich e Magno Malta

Há três anos, a cantora gospel Bianca Toledo gravou vídeo em que denunciou o marido, o pastor Felipe Heiderich, por abusar sexualmente de seu filho, fruto do primeiro casamento.

“Ele está atrelado com crime de pedofilia e eu estou aguardando a justiça do céu e da terra”, afirmou a cantora. “Fui enganada. Mas se essa é a minha missão, eis-me aqui. Infelizmente fui tocada por essa revelação, mas o senhor me livrou. E quero que a justiça seja feita”, acrescentou.

Celebridade do meio evangélico, Bianca ganhou o apoio do ex-presidente da CPI da Pedofilia, Magno Malta, na época senador.

Com a autoridade do cargo que ocupou, Magno Malta saiu em apoio à acusação da cantora e deu declaração que era um veredicto contra Heiderich.

“O fato é que a pastora Bianca Toledo, casada com o senhor Felipe Heiderich, ela descobriu que esse pastor, falso pastor, estava abusando de seu filhinho de cinco anos de idade” (…) O garoto relata todos os fatos, já foi ouvido por psicólogo e psiquiatra”, acrescentou disse.

“Esse falso pastor Felipe, que está internado após saber que esposa tinha tomado conhecimento do abuso contra crianças, tentou suicídio”, acrescentou.

Heiderich esperou quase três anos para falar pela primeira vez do caso. Ontem, em vídeo que viralizou entre os evangélicos, ele contou que a justiça o absolveu de todas as acusações. Nunca tentou suicídio nem se internou em clínica. Foi mantido em cárcere privado, segundo contou.

No vídeo, aparece bem mais magro.

“Gente, graças a Deus quanto tempo eu esperei por isso. Depois de quase 3 anos de dor e de sofrimento, graças a Deus tanto o Ministério Publico pediu minha absolvição, como o juiz acaba de decretar que sou completamente inocente de tudo o que me acusaram. Eu sei que existem muitas perguntas: Por que que eu fui sequestrado, mantido em cárcere privado, por que que tudo isso aconteceu? Mas, nesse momento, mesmo que eu esteja com 25 quilos a menos, eu só quero abraçar minha família”, disse comovido.

Bianca Toledo se casou pela terceira vez e se envolveu em uma polêmica no ano passado, quando lançou um serviço para divulgar oração pelo whatsapp. Para receber a mensagem, no entanto, era preciso pagar uma assinatura anual, no valor de R$ 25. Como ela tem mais de 3 milhões de seguidores na rede social, conseguiu muito adeptos — na verdade, clientes.

Bianca também se envolveu nas eleições com uma campanha bolsonarista contra o PT. Não citava o nome de Bolsonaro, mas o discurso era o mesmo.

“Por favor! Desliguem a televisão e Votem certo!! #ptnuncamais #foralulaPT NUNCA MAIS!”, escreveu ela.

Afirmou ainda:

“Eu já votei um dia no Lula ha muitos anos atrás. Eu me arrependo. Estou assustada com a proporção da malignidade do que fizeram e pior ainda do que pretendem fazer através dos partidos que manipulam. Coloco em minha oração o clamor por todos que estão confusos e com medo! Não posso tomar essa decisão sozinha. Por favor! Salvem o Brasil! POR FAVOR NÃO ANULE SEU VOTO! Não vote em branco/ Não deixe de votar • Eu sou contra a lei de liberação do aborto • Eu sou contra a ideologia de gênero • Eu sou contra o crime organizado • Eu sou contra o abuso do poder político para benefício próprio • Eu Amo o BRASIL • Eu conheço um Deus que faz milagres.”

Magno Malta, que chegou a ser contato para vice de Bolsonaro, perdeu a eleição para o Senado.

Durante a campanha, veio à tona a denúncia de um cobrador de ônibus que foi preso e torturado pela polícia depois que Magno Malta o denunciou por abusar da filha. Denúncia que também se comprovou falsa.

Depois da eleição, Magno Malta se separou da segunda esposa, a cantora gospel Lauriete, que teria descoberto um caso de adultério dele.

Bianca Toledo e Magno Malta são cidadãos de bem.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!