Polícia Civil abre inquérito para apurar casos de racismo e intolerância no BBB 19 da Globo

Após declarações de Maycon e Paula, Polícia Civil abre inquérito para investigar casos de racismo no BBB19 (Foto: Reprodução)

Do Notícias da TV:

A Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) do Rio de Janeiro abriu inquérito para apurar as declarações polêmicas feitas por Paula von Sperling e Maycon Santos durante o confinamento no BBB19. A informação foi confirmada pela Polícia Civil em nota enviada à reportagem do Notícias da TV nesta terça-feira (11).

“De acordo com informações da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, foi instaurado inquérito para apurar o ocorrido. As investigações estão sob sigilo”, informa o órgão.

As polêmicas mais recentes sobre o tema foram exibidas pela Globo na edição do BBB19 que foi ao ar no domingo (10). Durante a última festa, Rodrigo França e Gabriela Hebling ouviam a música Identidade, do cantor Jorge Aragão, de mãos dadas e de costas um para o outro. Maycon, ao ver a cena, disse que sentiu um arrepio com “músicas esquisitas”.

“Cumprimentei [a Gabi e o Rodrigo], conversei, de repente eu senti um arrepio. Começou a tocar umas músicas esquisitas. Olhei para os dois, num sincronismo legal. Achei legal, juro por Deus. De repente, comecei a olhar e escutar uns negócios. ‘Não faça igual a eles’. Aí veio Jesus Cristo na minha mente. ‘Se fizer igual a eles, eles ganharão mais força’. Eu não sou doido”, falou Maycon em conversa com Diego Wantowski.

(…)

Na quarta (6), Paula também comentou sobre a religião de Rodrigo. “Eu tenho muito medo do Rodrigo”, comentou a advogada. “Medo do quê? Acha que ele [Rodrigo] vai te mandar para o paredão?”, questionou Hariany Almeida.

“Não, eu tenho medo de eu pegar o líder e mandar o Rodrigo para o paredão. Ele mexe com esses trecos aí. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu fico com medo disso tudo”, respondeu Paula.

(…)

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!