Record acusa favorecimento da Marinha à Globo em reportagem na Antártida

Logotipo da Record. Foto: Reprodução/Record

Do Notícias da TV:

A Record concluiu que a Marinha do Brasil deu exclusividade à Globo em uma reportagem na Antártida e decidiu abortar a viagem que faria à estação Comandante Ferraz em março. Em e-mail enviado ontem (14) ao Centro de Comunicação da Marinha, em Brasília, a emissora recusou o convite para a viagem, alegando que a Globo retornará da mesma jornada uma semana antes dela e de SBT, Band e RedeTV! embarcarem.

Na troca de e-mails, a Record questionou a Marinha, lembrando que o presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a não favorecer nenhuma emissora. Chefe do departamento de Comunicação do órgão, o comandante Ricardo Maia nega favorecimento à Globo e ao jornal O Estado de São Paulo, que embarcam para o continente gelado já neste sábado (16).

“Tem uma fila [para viajar à Antártida] e chegou a vez do Fantástico e do Estadão”, afirmou ao Notícias da TV. “Não posso favorecer nem A nem B, e somos transparentes.”

A Record recebeu em 28 de janeiro um convite da Marinha para cobrir o fim das obras de reconstrução da base brasileira de pesquisas na Antártida, quase toda destruída por um incêndio em 2012.

No convite, a Marinha avisava que “não existe a possibilidade de exclusividade em uma pauta envolvendo as cinco TVs abertas e os quatro maiores jornais do país”. Os jornais seriam Folha de S.Paulo, Estadão, O Globo e Correio Braziliense.

Há uma semana (no dia 8), a Marinha informou aos veículos que a viagem, programada para a próxima sexta (22), foi adiada para 9 de março, por uma questão de logística. Nesta semana, a Record foi surpreendida com a informação de que a jornalista Sônia Bridi, do Fantástico, irá embarcar antes de todo mundo com uma repórter e um fotógrafo do Estadão.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!