Billy Paul vem ao Brasil para celebrar a cultura negra americana com a Banda Black Rio e outros artistas

hqdefault
Billy Paul em ação na TV Francesa

Em nenhum lugar do mundo, durante o último século, os negros se insurgiram contra as injustiças às quais foram submetidos historicamente quanto nos EUA. A comunidade negra americana, sob inspiração de grandes líderes como Malcolm X e Martin Luther King, se movimentou em nome de uma sociedade mais igualitária em seu país, inspirando diversos movimentos semelhantes pelo mundo.

A música sempre foi o combustível primordial dessas manifestações e em nenhum gênero essa música foi tão bem tratada harmônica e melodicamente quanto na soul music. Nascida da junção do gospel com o blues, com influência do jazz e do R&B, o soul tomou o mundo na década de 70, embora já na década de 50 estivesse sendo desenvolvido por artistas como Ray Charles e Sam Cooke.

É neste contexto que Billy Paul, o maior ícone do soul de Filadélfia, se destaca ao aparecer com “Me & Mrs. Jones”, número um no mundo todo em 1972. Agora, Billy vem ao Brasil participar do Soul Mates Festival.

O evento, que tem como intenção primordial celebrar este aspecto da cultura negra americana, tem também como atração a Banda Black Rio. Uma das maiores bandas de funk do mundo na historia, tem como grande sucesso o antológico álbum “Maria Fumaça”, que mistura música brasileira com funk, soul e R&B. A Banda Black Rio já gravou com Caetano Veloso, Tim Maia e diversos outros grandes da música brasileira.

Banda Black Rio
Banda Black Rio

Os shows que antecedem os eventos principais são Bowie In Soul, Nathalie Alvim, New Young & Guests, Luísa Viscardi, Ras Pequeno, DJ Della, Luiza Meiodavila e outras atrações e participações especiais.

O Soul Mates Festival é uma criação espontânea, feita sem lei de incentivo ou patrocínio. Há o apoio inestimável da Antena 1, DCM, El Hombre, SpressoSP, Revista Fórum, Glenfiddich, Habro Music, Reference Music, Sulamérica Tânsito, Bradesco Esportes, Casa Seca, Ateliê da Arte, e One 4 You.

O evento ocorre em São Paulo, no Paço das Artes, dentro da USP. Fica próximo ao metrô (linha amarela), tem acesso via ciclovia e estacionamento gratuito. Os ingressos estão à venda no Ingresso Rápido e custam entre R$ 55 (meia entrada na pista) e R$ 300.

O DCM está fazendo sua estreia como apoiador de um grande evento e não poderia ser um mais conectado ao nosso espírito de luta e igualdade.

Vida longa ao soul. Vida longa à cultura negra, não só a americana como a de todos os lugares. Vida longa ao Soul Mates Festival.