C. Kirchner e Dilma se encontram para tratar de Lawfare, o uso do judiciário como arma contra políticos opositores

Postado em 10 de dezembro de 2017 às 5:14 pm

Da Veja:

As ex-presidentes da Argentina, Cristina Kirchner, e do Brasil, Dilma Rousseff, se reuniram no sábado durante uma visita privada da brasileira a Buenos Aires. “Afetuoso encontro em minha casa com a companheira Dilma”, escreveu Kirchner (2007-2015) em sua conta do Twitter ao divulgar uma fotografia das duas em seu apartamento no bairro de Recoleta, em Buenos Aires.

Kirchner, que assume neste domingo uma cadeira no Senado argentino, enfrenta um pedido de perda de imunidade e de detenção de um juiz federal, por supostamente acobertar iranianos acusados pelo atentado contra um centro judaico que matou 85 pessoas em 1994.

Entre outros temas, conversamos sobre uma realidade que está se impondo em nossos países. Um processo que se denomina mundialmente Lawfare e consiste na utilização do aparato judicial como arma para destruir a política e os líderes opositores”, relatou Kirchner.

“O objetivo é o mesmo no Brasil e aqui: ocultar o desastre econômico que estão realizando os governos neoliberais da região”, completou Kirchner sobre os vários processos judiciais que as duas ex-presidentes enfrentam em seus respectivos países.

x