Por que só cobram Dunga por sonegação?

Só ele?
Só ele?

Eu só queria entender o seguinte: por que a Receita Federal cobrar de Dunga 900 mil reais é notícia e a Receita Federal cobrar da Globo quase mil vezes mais não é.

Nenhuma sociedade pode florescer à base de sonegação. Fato. Mas por que os holofotes estão em Dunga e esquecem a Globo?

Foi a Folha que trouxe a informação de que Dunga está sendo cobrado.

A mesma Folha, depois de dar constrangidamente uma nota sobre a sonegação da Globo, simplesmente silenciou sobre o assunto, como se ele não existisse.

Mas existe.

Repito: nenhuma sociedade funciona quando se espraia o vício da sonegação.

Recentemente, a Alemanha enfrentou um drama. O presidente do Bayern, Uli Hoeness, um cidadão exemplar, referência de conduta para todos os alemães, foi flagrado num caso de sonegação.

A Alemanha ficou chocada.

O governo se pronunciou: a Alemanha não poderia funcionar com aquele tipo de comportamento.

O dinheiro do imposto constrói escolas, paga professores, faz hospitais etc etc.

Hoeness foi rapidamente julgado e condenado a cinco anos de prisão. Ele poderia apelar para tentar reduzir a pena.

Mas, depois de uma conversa com a filha, decidiu não recorrer. Era uma forma de se redimir, ou ao menos buscar a redenção.

Clap, clap, clap.

Para Hoeness, pelo gesto grandioso depois da pequenez da sonegação. E para a Alemanha, pela cultura de retidão nos compromissos dos indivíduos perante a coletividade.

O que dói, no Brasil, é a diferença de tratamento.

Dunga prevarica e é manchete. A Globo prevarica em dose mil vezes maior e só é cobrada na internet.

Quando casos similares forem tratados de maneira igual, o Brasil será uma sociedade avançada.

Por enquanto, infelizmente, como no grande livro de Orwell, alguns brasileiros são mais iguais que os outros – bem mais iguais.