VÍDEO: no TSE, o ministro Napoleão Nunes clama para que sobre seus inimigos “desabe a ira do profeta”