Bolsonaro coloca seus militares para fazer visita a ministros do STF. Por Moisés Mendes

Jair Bolsonaro e o general Luiz Eduardo Ramos

Na segunda-feira, o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, foi a São Paulo para se encontrar com Alexandre de Moraes.

Hoje, o ministro da Secretaria Geral de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, atravessou a Praça dos Três Poderes e foi se reunir com a ministra Rosa Weber.

Seria normal numa situação normal, mas não num momento em que o Supremo, com investigações envolvendo Bolsonaro, é atacado por Bolsonaro.

Será que os ministros de Bolsonaro visitarão todos os ministros do Supremo?

Que recado os ministros militares de Bolsonaro estariam enviando aos ministros do STF, que Abraham Weintraub chamou de vagabundos e que são atacados todos os domingos em Brasília por militantes do fascismo, apoiados por Bolsonaro?

Bolsonaro estaria mandando os generais dizerem aos ministros do Supremo que tem apreço pelo STF?

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!