CPI, JÁ. Por Leandro Fortes

Sérgio Moro. Foto: Sergio Lima/AFP

Publicado originalmente no perfil de Facebook do autor

POR LEANDRO FORTES

Sérgio Moro gravou um áudio, leio por aí, para pedir desculpas ao MBL por ter chamado os militantes do grupo de extrema direita de “tontos”.

Não ria, ainda.

Por causa do pavor de perder o apoio de protofascistas, Moro acabou por reconhecer a veracidade das mensagens publicadas pelo The Intercept Brasil – estas que, segundo ele, teriam sido manipuladas por um hacker tresloucado.

Pode rir, agora.

Não se trata mais de nulidade do processo de Lula e da desmoralização da Operação Lava Jato.

Os arquivos do Intercept exigem uma investigação completa sobre essas relações incestuosas entre Moro e os procuradores de Curitiba.

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar, além desse conluio, quem está por trás da destruição do economia do Brasil e a como foi montada aquele fundação picareta com bilhões de reais da Petrobras.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!