Onde estava a religião de Michelle Bolsonaro quando sua avó morreu de covid-19, abandonada?

Michelle Bolsonaro e a avó Maria Aparecida

Michelle Bolsonaro, mulher de Jair, ficou chateada com a repercussão negativa do vídeo em que aparece comemorando a aprovação de André Mendonça para o STF.

Michelle dá pulos e fala em línguas — chama-se glossolalia. De acordo com ela, as piadas são manifestações de “intolerância religiosa”.

Num outro vídeo, que posto no pé deste artigo, ela afirma que “foi sobrenatural” e que Mendonça entrou “numa nuvem branca” na semana anterior.

“O senhor vai ter que ajudar a gente”, diz ela ao pastor do Supremo.

Frequentadora de uma igreja da Barra da Tijuca, visitada por JB na campanha, ela fala obstinadamente do Senhor e de suas próprias virtudes cristãs.

Onde entram a misericórdia, a caridade, os milagres e outros atributos de uma fiel serva do Pai Eterno na relação de Michelle com sua avó, morta de covid-19?

Onde Jesus Cristo?

Onde o amor ao próximo?

Maria Aparecida Firmo Ferreira morreu aos 80 anos após uma longa agonia. Foi internada no dia 3 de julho do ano passado após ser encontrada caída na rua por vizinhos. Não conseguia respirar.

Acabou transferida para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), a 32 quilômetros de distância. Em 12 agosto finalmente deu o último suspiro, após passar pelo calvário das intubações.

Michelle emitiu uma nota protocolar dizendo que “recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento”. Não foi ao enterro.

De acordo com a Veja, Maria Aparecida era portadora de Mal de Parkinson e vivia num casebre na parte mais miserável de Brasília, a favela Sol Nascente.

Andava com dificuldade, de muletas, num lugar dominado pelo tráfico de drogas e “por facções que usam métodos similares aos das milícias cariocas”.

Reproduzo um trecho da matéria:

Aposentada, ela divide seu tempo entre cuidar de um filho deficiente auditivo, ir ao posto de saúde buscar remédios e bater papo com os vizinhos.

Na segunda-feira 8, chovia muito, mas ela manteve a rotina. Para se proteger, pôs um gorro na cabeça, vestiu dois casacos sobre uma blusa e uma saia sobre uma calça de moletom.

De muletas, driblando a lama e os buracos da rua e sem conseguir esconder a expressão de dor, caminhou mais ou menos 1 quilômetro até a casa de uma amiga.

Mais:

A avó não foi convidada para a posse, nem ela nem sua filha, mãe de Michelle, Maria das Graças. Passados três meses de governo, ela não recebeu convite para uma visita ao Palácio da Alvorada, a residência oficial, que fica a apenas 40 quilômetros da favela.

Por quê? Ela diz que não sabe responder.

Onde foi parar a Bíblia de Michelle?

Timóteo, jovem que acompanhou o apóstolo Paulo, era muito próximo da avó, Lóide, que lhe transmitiu os ensinamentos do Velho Testamento.

“Honra as viúvas verdadeiramente viúvas. Mas, se alguma viúva tem filhos ou netos, que estes aprendam primeiro a exercer piedade para com a própria casa e a recompensar a seus progenitores; pois isto é aceitável diante de Deus”, disse ele.

“Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente”.