A Apple está parada enquanto o Android vai ficando cada vez melhor

Desde o lançamento do primeiro iPhone, em 2007, seu sistema operacional iOS praticamente não mudou

Eles se vêem como inovadores; mas será que ainda são?

Sou um usuário fiel do iPhone desde seu lançamento, em 2007. Todos nós sabemos que ele foi uma grande uma inovação no mercado; nada parecido existia antes. Mas minha paixão por esse pedaço de metal e vidro não me deixa cego para os seus problemas.

Quando o aparelho chegou às lojas pela primeira vez, cinco anos atrás, seu sistema operacional (então chamado iPhone OS, agora iOS) era maravilhoso. Mas, como bem sabemos, o tempo tem a capacidade de transformar coisas lindas em coisas cansativas.

E é esse o sentimento que estou tendo, hoje, ao usar o meu iPhone.

A cara do sistema é toda baseada em ícones de aplicativos – alguns nativos e outros baixados pelo usuário, fazendo dessa interface bem fácil e intuitiva. Algumas novidades foram apresentadas nos últimos anos, como pastas e notificações na lock screen. Mas isso não foi o bastante para mudar a cara do sistema em si. Há cinco anos que a essa experiência se repete todos os dias, quando vou atender uma ligação ou navegar na internet. E ficar entediado com algo que usamos diariamente é um problema sério.

O velho iPhone 1 (esq.) e o novo iPhone 4s: poucas mudanças

Sabemos que a Apple não costuma dar ponto sem nó, mas está começando a ficar tarde. No começo o iOS era uma inovação; estava cinco anos a frente de qualquer um. Mas esse tempo passou – e ele está ficando pra trás.

Seu maior concorrente fez diferente. O Android, desde seu lançamento, mudou. E muito. Se compararmos uma versão de 2008 a uma atual, fica fácil ver as diferenças. Ao contrário do que acontece no iOS, no sistema Android é fácil personalizar sua tela inicial. Você não é obrigado a colocar aplicativos; é possível botar widgets, ou sua agente de contatos, ou controles do sistema, por exemplo. A lista é grande. Está cansado de ver o tempo da sua cidade? É moleza mudar para checar suas ações do Facebook – e ver se elas continuam quebrando as suas economias de uma vida.

A cada atualização, o Android fica melhor

Como já falamos algumas vezes, em setembro é esperado que Apple revele ao mundo seu novo sistema operacional móvel, o iOS 6. Já venho testando ele há alguns meses. Existem mudanças, algumas muito bem vindas – mas continua com a cara de sempre. Como se trata de um beta, não sabemos se ficará assim na versão final. Mas eu apostaria que sim.

Não entendo por que a maior empresa do mundo (de toda a história!) não toma alguma atitude quanto a isso. Eu gostaria muito de poder ter mais informações na lock screen; uma home customizável, com a capacidade de ver posts do Facebook e do Twitter nela. Não quero só poder mudar meu fundo de tela; quero ter contatos, ajustes rápidos e um multitarefas mais visual mostrando o que realmente está acontecendo com meus aplicativos que estão rodando no background.

Apple, está na hora de voltar a ser a empresa inovadora de antigamente. Nós consumidores estamos sedentos por novidades; por softwares que, nas palavras do seu pai, “blow us away “.

Alguns dizem que essa é uma estratégia para segurar consumidores – não usar todas as suas fichas de uma só vez e, quando a hora certa chegar, colocar algo totalmente novo. Eu tenho minhas dúvidas de que esse seja o caso.  Suspeito de um problema bem mais grave: perda de inspiração, perda da capacidade de inovar, inovar e ainda inovar. Como applemaníaco, espero ser desmentido.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!