A era do narcisismo. Por Afrânio Silva Jardim

Afrânio Silva Jardim. Foto: Facebook/Divulgação

Publicado no Facebook do autor

POR AFRÂNIO SILVA JARDIM, professor de Direito da Uerj

Já se disse, e com razão, que a internet deu visibilidade a quem estava socialmente oculto. Deu voz a quem não era ouvido nas relações sociais.

Na verdade, a internet e as novas tecnologias estão fazendo uma grave e rápida revolução social. Novos hábitos e novas formas de encarar a vida estão forjando as novas gerações.

Um novo “homem” está surgindo e não será aquele ser humano solidário e generoso previsto por Marx. Este novo homem continuará a ser “o lobo do homem”, (Hobbes).

Este novo homem é o retrato (a palavra cai bem …) do mito de “Narciso”. Trata-se de uma compulsividade de “aparecer socialmente”, de supervalorizar os seus atributos pessoais.

Assim, o “narcisismo” é uma das manifestações do individualismo e se relaciona com o hedonismo.

Como era de se esperar, esta “epidemia” está contagiando as nossas instituições estatais. Basta ver como policiais e membros do Ministério Público adoram as chamadas “entrevistas coletivas à imprensa”. Como adora, holofotes e páginas de jornais … Membros do Poder Judiciário não podem ver por perto um microfone, ainda que nos Estados Unidos ou na Europa …

Reconheço que eu mesmo não estou imune a este contágio, até por que as minhas “vacinas ideológicas” contra esta epidemia nem sempre são muito eficazes… (rs).

A vaidade já não mais é disfarçada e se irmana a atitudes autoritárias. O poder torna visíveis estes jovens que precisam satisfazer os seus “egos”…

Aonde vamos parar eu não sei, até por que, não demora muito, estarei indo embora desta nova sociedade que abomino.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!