A esquerda que a mídia de direita adora: Freixo, Molon e outros pagam anúncio no Globo. Por Kiko Nogueira

Freixo e Eliomar Coelho, do PSOL, em anúncio pago no Globo

Um amigo carioca me envia recortes do Globo com anúncios de candidatos do PSOL e da Rede.

Marcelo Freixo e Alessandro Molon, postulantes ao cargo de deputado federal, e Eliomar Coelho, estadual, pagaram 19 mil reais para fazer propaganda no jornal.

Para a família Marinho, é troco de pinga.

Para esses políticos, é o dinheiro contado do fundo partidário — o que torna a coisa ainda mais humilhante.

É como se dissessem à Globo: “de onde veio isso tem mais. Aceitem, por favor. É pouco, mas é de coração. Tamos juntos”.

Essa propaganda é reveladora da maneira como certa esquerda encara a mídia: sem qualquer estratégia de alternativa.

Nos palanques e nos botecos, pau na Globo, no pensamento único, no projeto de poder, no Bonner e na Renata etc etc.

Quando o discurso pode virar prática, os parcos recursos vão para o Globo. 

Esse pessoal não tem nenhuma ideia diferente?

Por que fazer o mesmo que Eduardo Paes ou Crivella, que tanto criticam?

Não é que a grana vai garantir matérias positivas.

É apenas um sinal, para os envolvidos diretamente no negócio e para sociedade, de que são todos iguais.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!