A esquerda só quer outro modelo de sociedade, em que o ser humano seja privilegiado e não os interesses econômicos. Por Afrânio Jardim

Protestos contra extrema direita em Portugal. Foto: Reprodução

Publicado originalmente no Facebook do autor:

POR AFRÂNIO JARDIM

A esquerda mundial está se unindo contra esta “onda” fascista e imperialista.

Somente se deseja um outro modelo de sociedade, no qual o ser humano seja privilegiado e não os gananciosos interesses econômicos.

Não viemos a este mundo apenas para produzir e consumir. Queremos encontrar a felicidade na implementação efetiva de nossos melhores valores. Todos devem ter direito às condições mínimas para serem felizes.

Não podemos aceitar ser impossível que a nossa civilização possa criar um modelo econômico mais justo no século XXI. Isto é possível, sendo necessário conter a ganância dos países ricos e das pessoas ricas, dentre ouras providências de cunho social.

A paz somente será duradoura e universal se conseguimos criar e desenvolver uma sociedade mais justa, onde todos tenham, concretamente, uma vida digna.

Precisamos valorizar os(as) que trabalham e não aqueles(as) que vivem às custas do trabalho alheio.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!