A Força Tarefa de Curitiba não está acima da lei e da Constituição. Por Kakay

Sérgio Moro é ministro da Justiça e Segurança Pública – Foto: AFP

Por Kakay

A reação dos membros da Força Tarefa de Curitiba ao pedido de acesso a dados feito por parte da atual direção da PGR, merece atenção por parte de toda a comunidade jurídica.

Os evidentes abusos por parte da Força Tarefa, na verdade coordenada pelo ex-juiz Sergio Moro, devem ser analisados pela atual direção da PGR.

A Força Tarefa de Curitiba não está acima da lei e da Constituição.

Recentemente alguns membros da Força Tarefa se manifestaram , de maneira quase virulenta , contra uma possível investigação sobre ações anteriores envolvendo os Procuradores e o então juiz.

Aos poucos alguns membros da Força Tarefa vão se afastando, por motivos diversos.

Todos os Institutos, todas as Associações, a OAB, os Procuradores independentes, devem acompanhar o desenrolar desta “investigação”.

Esta é uma questão gravíssima.

Aguardem os próximos capítulos.

x.x.x

LEIA TAMBÉM: Grupo da Lava Jato na PGR suspeita que Aras quer atacar Moro e pede demissão coletiva

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!