A ignorância reina: O terrível momento que estamos vivendo. Por Afrânio Silva Jardim

Jair Bolsonaro em live. Foto: Reprodução/Facebook

PUBLICADO NO FACEBOOK DO AUTOR.

Recebi este invulgar texto e, por ter meu total endosso, passo a divulgá-lo.
Leiam com atenção e percebam a fina IRONIA.

Afranio Silva Jardim, professor de Direito da Uerj

“● Para curar filho gay, porrada.

● Para deputado gay, ameaça de morte.

● Para vereadora negra, lésbica e da favela, execução.

● Para quem não é feia, estupro.

● Para petralhada, fuzilamento.

● Para doente mental, choque elétrico.

● Para divergência política, tortura.

● Para meninos, azul e para meninas, rosa.

● Para Paulo Freire, perseguição.

● Para ganhar eleição, kit gay e mamadeira de piroca.

● Para Trump, continência.

● Para Dilma, o terror de Ustra e a morte por infarte ou câncer.

● Para estudar na Universidade, tem que ser rico.

● Para aposentar, 40 anos de de contribuição.

● Para trabalhar, ausência de direitos.

● Para quem confessou crime, ausência de processo.

● Para os índios, as regras determinadas pelos latifundiários.

● Para as empresas de alimentação, a fiscalização delas mesmas.

● Para a preservação ambiental, redução de proibições, multas e punições.

● Para a produção rural, muito agrotóxico.

● Para as estatais, privatização.

● Para o governo, sigilo.

● Para as milícias, o poder.

● Para o Queiroz, hospital Albert Einstein.

● Para enriquecer, laranjas.

● Para reduzir a corrupção, redução da transparência e das investigações.

● Para a escola, a distância.

● Para eleição, caixa 2.

● Para qualquer um, armas.

● Para os cidadãos dos EUA, ausência de reciprocidade.

● Para Davos, mico internacional.

● Para a política internacional, isolamento.

● Para o salário Mínimo, redução.

● Para os auxílios moradia de juízes, aumento.

● Para a primeira dama, cheques.

● Para militares, juízes e membros do legislativo, previdência sem reforma.

● Para os PMs, liberdade total para matar.

● Para Venezuela, guerra.

● Para a exportação, redução de mercado.

● Para a pesquisa acadêmica, censura e redução de investimentos.

● Para a família do presidente, impunidade.

● Para ninguém, cultura.

E ainda querem que eu torça pra dar certo… a ignorância reina.

(Pierre Baitelli)”

.X.X.X.X.

Afranio Silva Jardim, professor de Direito da Uerj.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!