A intervenção que até agora ninguém viu. Por Fernando Brito

Publicado no Tijolaço

POR FERNANDO BRITO

Entramos na manhã de sábado e não é possível saber o quanto a “Operação de Grantia da Lei e da Ordem” decretada pelo Governo Federal desbloqueou as bases de distribuição de combustível, embora esteja nítido que o movimento  não liberou  as rodovias.

Há notícias esporádicas de caminhões tanques, escoltados, levando combustíveis para… não se sabe onde.

Caminhoneiros dizendo que ia “correr sangue” e notas do Ministério da ficiais dizendo que a ação dos militares seria enérgica.

Horas depois, não há noticias de nenhuma ação incisiva nem de qualquer conflito com os manifestantes.

Ou nada está acontecendo ou está acontecendo um inesperado consentimento entre manifestantes e os que estariam indo reprimi-los.

Algo muito estranho, ou nem tanto, já que há inúmeras faixas pedindo justamente “intervenção militar”.

É possível que, nesta questão, os militares queiram muito pouco intervir, pelo grau de antipatia que isso pode lhes trazer.

Até agora, só se anunciou apoio às polícias estaduais.

Aconteça o que acontecer, parece descartado que a situação possa estar normalizada nna segunda-feira.

Haverá pressão por ações espetaculares e, ao que parece, resistência a elas entre os militares.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!