A lerdeza do Facebook. Por Moisés Mendes

Publicado originalmente no blog do autor 

Por Moisés Mendes 

O Facebook descobriu agora que era possível remover 73 contas falsas ligadas aos Bolsonaros. Todas da máfia miliciana do Gabinete do Ódio.

Foram removidas 35 contas do Facebook e 38 do Instagram que, segundo a empresa, atuaram para manipular a plataforma antes e durante o mandato de Bolsonaro.

Mas como antes do mandato? A eleição foi em outubro de 2018, há um ano e meio. E as contas foram bloqueadas agora?

Tem uma CPMI no Congresso sobre essas e outras contas nas redes sociais. Tem uma investigação no Supremo sobre a fábrica de mentiras patrocinada pelos Bolsonaros, que pode derrubar toda a família.

Ninguém sabia mais das contas falsas do que o próprio Facebook. Foi devagar o Facebook, muito devagar. Porque, é claro, a perda de anunciantes com a conivência com a mentira e o ódio começou a produzir efeitos.

Que bom que reagiu, mas teve de sentir os prejuízos da debandada de anúncios.

É muita demora. Só falta agora aparecer alguém do Orkut dizendo que bloqueou contas dos filhos de Bolsonaro de 10 anos atrás.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!