‘A materialidade berra’: Simone Tebet fala ao DCM sobre crimes cometidos por Bolsonaro

Tebet em entrevista aos jornalistas Kiko Nogueira e Pedro Zambarda no Canal DCM TV. Imagem: reprodução Youtube

Em entrevista ao canal DCM TV, Simone Tebet disse que as evidências mostram, comparado ao processo que levou à derrubada da ex-presidente Dilma, que há dados consistentes para se abrir o processo de impeachment de Bolsonaro.

Segundo a senadora (MDB-MS), no caso da petista havia uma análise jurídica e outra política para se decidir pelo afastamento ou não de Dilma.

“Eu entendi que havia elementos de ordem administrativa suficientes para justificar o impedimento. Agora é muito além: a materialidade não grita, ela berra”, disse sobre as investigações da CPI da Covid envolvendo membros no governo nas negociações pela vacina do coronavírus – para não dizer das ilegalidades praticadas pelo presidente e seu ministério da Saúde em relação às medidas sanitárias para o controle da pandemia.

Em final de mandato no senado, Tebet é cotada para disputar a presidência no ano que vem.

A senadora, no entanto, disse que esse assunto não está no seu radar.

“O foco principal de todo mundo deve ser derrotar Bolsonaro”, disse ela, para quem uma opção de 3a Via no processo eleitoral “não seria uma má ideia”.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!