A Nova Rainha do Pop

Com carreira consistente, Beyoncé Knowles se torna a princesa mais elegível.

beyonce1
A mais provável nova rainha do pop

Várias cantoras estiveram a um passo do trono e, para cada uma, houve motivos determinantes para que não pudessem usufruir dele. A maioria escorregou, de uma forma ou de outra, na própria loucura. Foi assim com a Amy Winehouse, Britney Spears, Christina Aguillera e, me parece, com a Lady Gaga. Seus problemas psicológicos (ou psiquiátricos) as levaram a fazer muito menos do que poderiam do ponto de vista de carreira – no caso de Amy, levou à morte.

Foi nesse cenário que Beyoncé se destacou. Relativamente centrada para uma artista, construiu uma carreira que aos poucos foi se tornando mais e mais relevante. É possível que seu ápice tenha sido a apresentação no Super Bowl, mais elogiada que o próprio jogo, sem o playback que causou polêmica durante sua última turnê. Mas é também possível que nem tenha chegado seu grande momento.

Beyoncé é provavelmente a artista mais completa entre as aspirantes a nova rainha. Ela canta muito, escreve legal, tem apelo nas letras, escolhe bem as músicas, dança bem, é bonita e gostosa, é centrada. Além disso, tem uma das melhores equipes executiva e artística.

É bom lembrar que nada disso faz exatamente uma boa artista. Para mim, Amy Winehouse é uma artista melhor do ponto de vista estritamente de expressão. A Alicia Keys, que nunca esteve entre as princesas elegíveis, é muitas vezes melhor que a Beyoncé. Mas isso faz uma artista de sucesso.

 

5 grandes momentos da Beyoncé

1. Super Bowl (show completo)

2. Speechless (ao vivo)

3. Still In Love (estúdio)

4. Halo (estúdio)

5. Get Me Bodied (estúdio)

 

3 artistas que poderiam ter sido

amy1. Amy Winehouse

A dona de Back to Black, o disco mais vendido do século XXI, foi a única princesa que poderia ter sido rainha sem habilidade para dançar e com quase nenhuma parafernália no palco. É claro, lhe sobravam outros atributos como a voz fabulosa, as lindas composições e um estilo bem charmoso. Mas a mistura da fama com vício em alcool lhe foi letal, de forma que ela morreu em 2011, aos 27 anos, deixando apenas dois álbuns de estúdio.

 

brit2. Britney Spears

Ela chegou a ser a queridinha da América, mas não soube suportar a fama e acabou entrando num longo período de instabilidade emocional. Durante esse tempo, ficou longe dos estúdios – mas não das lentes dos papparazzi. A má publicidade misturada com falta de novo material em alto nível acabaram com o timing da cantora, que acabou se encaixando num segundo time de artistas. Em tempo: é uma boa compositora, mas cantora e dançarina mediana.

 

cris3. Christina Aguilera

A moça tinha quase tudo que uma rainha precisa: o rostinho bonito, o corpinho delícia, a garganta poderosa. Depois de gravar as músicas de Mulan, a Disney a empurrou para uma carreira meteórica. Tudo ia bem até começar a ir mal: os discos Dirrty e Justified tiveram recepção ruim e a moça ficou tristinha – passou um período com lançamentos discretos e engordou. E embora pareça equilibrada de novo, jamais voltou a ser a mesma.

 

 

3 cantoras que podem ser


gaga1. Lady Gaga

Beyoncé parece ter uma carreira muito mais estável que a da loura, que não conseguiu repetir o êxito do álbum Fame – todos os singles que seguiram o disco foram ruins. Mesmo assim, Gaga é uma artista criativa que pode voltar a surpreender o mercado, desde que se preocupe menos em vender e mais em fazer a música que sempre fez.

 

 

taylor2. Taylor Swift

Esta fofinha é a grande cantora da música country americana, que vive desde os anos 40 subindo e descendo entre os mais populares do mundo. Se o gênero voltar ao topo no mundo, como esteve na época de Garth Brooks, Taylor passa a ter chance de pegar uma carona ao trono. As chances de Taylor, no entanto, são baixas. Mas existem.

 

 

katy3. Katy Perry

Katy Perry foi lançada à estratosfera com o mega hit I Kissed A Girl e teve uma boa sequência com Hot N Cold e Firework. O que pode faltar à garota é vontade (ou coragem) de entrar na disputa por este primeiro posto. Ela é boa mas não é a Amy Winehouse, então vai precisar dançar, e muito.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!

Compartilhar
Artigo anteriorOnde foi parar a manha de Obama?
Próximo artigoCom o que sonham as pessoas em Jerusalém
Avatar
Emir Ruivo é músico e produtor formado em Projeto Para Indústria Fonográfica na Point Blank London. Produziu algumas dezenas de álbuns e algumas centenas de singles. Com sua banda, Aurélios, possui dois álbuns lançados pela gravadora Atração. Seu último trabalho pode ser visto no seguinte endereço: http://www.youtube.com/watch?v=dFjmeJKiaWQ