A patética tentativa de transformar o velho golpista Temer em Capitão Coronavac

Temer, FHC e Sarney em evento de Doria

O buraco em que nos meteram é tão grande que desenterraram Michel Temer como grande esperança branca para trazer a vacina chinesa.

A história oficial é que o velho Michel entrou nas negociações para importação da Coronavac a pedido do governo de São Paulo.

De acordo com Valdo Cruz, porta-voz do golpista desde sempre, Temer ligou na última terça para o ex-embaixador Li Jinzhang, “que hoje trabalha no palácio presidencial da China, e recebeu a promessa de que o pedido de ajuda para liberar a importação seria levado ao presidente chinês”.

Temer, diz ele, foi contratado pela Huawei para elaborar parecer jurídico sobre a participação da empresa no mercado de telefonia celular 5G no Brasil.

O sujeito teria “boas relações” com a China.

Ainda que Michel conheça um ou outro alto funcionário de Pequim, é remota a possibilidade de que ele possa fazer a imunização funcionar a partir disso.

Sabendo quem é o cidadão, é evidente que tem muito dinheiro envolvendo o 5G.

A tentativa de reabilitação de Temer é útil para a direita.

João Doria fará um evento com ele e outros ex-presidentes para se autopromover no dia 25 de janeiro, aniversário de SP.

A ideia era vacinar todo mundo. Como ia furar a fila, caiu.

Lula e Dilma declinaram porque não são azeitona de empada da turma de Doria.

A operação Temer procura limpar a reputação de um homem desprezível, um traidor, cujas digitais estão na eleição de um governo fascista e vagabundo com vários cúmplices. 

De lobista a Capitão Coronavac. O Brasil merece.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!