‘House Of Cards’ já fez história no prêmio Emmy

Kevin Spacey, produtor e estrela de "House of Cards", a série do Netflix
Kevin Spacey, produtor e estrela de “House of Cards”

 

House of Cards, da Netflix, já fez história ao ser indicada a nove prêmios Emmy, incluindo as categorias série dramática e melhor ator (Kevin Spacey). É a primeira vez que isso acontece com um seriado produzido para a Internet — e um sinal claro da revolução que acontece na indústria do entretenimento. Pode ganhar como drama, mas para isso terá de derrotar dois concorrentes fortíssimos: ‘Mad Men’ e a fenomenal ‘Breaking Bad’.

A Netflix ainda arrematou mais três indicações para a comédia Arrested Development. “Certamente marca o começo de uma nova era”, diz Tim Brooks, um historiador e ex-executivo de TV. O canal de streaming mirou numa audência que queria assistir seu programa preferido a qualquer hora, em qualquer lugar e do jeito que quisesse, pela net. Os 13 episódios foram postos no ar simultaneamente, rompendo com o modelo que o CEO da empresa chamou de “administração da ansiedade” das TVs a cabo ou abertas.

House of Cards é um retrato fiel e cruel da política e, mais amplamente, das relações humanas. Adaptada de um seriado da BBC e inspirada em duas tragédias de Shakespeare (Ricardo III e McBeth), tem Spacey no papel de Frank Underwood, um mercenário do Partido Democrata. Claire (Robin Wright) é sua senhora. Frank foi fundamental na eleição do presidente. Esperava ser recompensado com o cargo de secretário de defesa. Ao ser preterido, jura vingança eterna – e passa o tempo manipulando, mentindo e montando dossiês para detonar o governo.

Frank se envolve com uma jovem jornalista chamada Zoe Barnes (Kate Mara), a quem alimenta com denúncias. Ela publica em seu blog. Estoura. Seu chefe velha guarda, que odeia a internet e vive em negação de que o jornal que dirige está indo para o buraco, a demite. Ela vai para um site inspirado no Huffington Post. O único personagem que inspira alguma compaixão é um deputado com um passado de drogas, bebidas e prostituição. Ele trai sua base, que são os trabalhadores de um píer, e tenta se redimir. Naufraga esplendidamente.

Todo o elenco é incrível, mas Spacey está arrasador. Os momentos em que ele encara a câmera e faz comentários são engraçados, trágicos e sugerem uma intimidade com o espectador que, eventualmente, você preferiria não ter. “Não há descanso ou paz no céu ou no inferno. Apenas nós mesmos. Pequenos. Solitários. Esforçados. Lutando uns contra os outros. Eu rezo para mim mesmo – por mim mesmo”, diz Frank para a câmera.

Spacey, que também é produtor executivo da série, chegou a apresentá-la para grandes estúdios de televisão, que exigiram um piloto, sem muita fé no projeto. “As empresas de Internet estão indo muito bem produzindo conteúdo próprio. Estivemos em várias TVs. A Netflix foi a única a nos olhar nos olhos e acreditar em House of Cards de cara”, diz.

Os ganhadores do Emmy 2013 nas principais categorias:

Série Dramática
Breaking Bad (AMC) – VENCEDOR
Downton Abbey (PBS/ITV)
Game of Thrones (HBO)
Homeland (Showtime)
House of Cards (Netflix)
Mad Men (AMC)

Série Cômica
30 Rock (NBC)
The Big Bang Theory (CBS)
Girls (HBO)
Louie (FX)
Veep (HBO)
Modern Family (ABC) – VENCEDOR

Ator de Série Cômica
Alec Badwin por 30 Rock (NBC)
Jason Bateman por Arrested Development (Netflix)
Louis C.K. por Louie (FX)
Don Cheadle por House of Lies (Showtime)
Matt LeBlanc por Episodes (Showtime)
Jim Parsons por The Big Bang Theory (CBS) – VENCEDOR

Ator de Série Dramática
Hugh Boneville por Downton Abbey (PBS/ITV)
Bryan Cranston por Breaking Bad (AMC)
Jeff Daniels por The Newsroom (HBO) – VENCEDOR
Jon Hamm por Mad Men (AMC)
Damian Lewis por Homeland (Showtime)
Kevin Spacey por House of Cards (Netflix)

Atriz de Série Dramática
Connie Britton por Nashville (ABC)
Claire Danes por Homeland (Showtime) – VENCEDORA
Michelle Dockery por Downton Abbey (AMC)
Vera Farmiga por Bates Motel (A&E)
Elizabeth Moss por Mad Men (AMC)
Kerry Washington por Scandal (AMC)
Robin Wright por House of Cards – (Netflix)

Atriz de Série Cômica
Laura Dern por Enlightened (HBO)
Edie Falco por Nurse Jackie (Showtime)
Tina Fey por 30 Rock (NBC)
Julia Louis-Dreyfus por Veep (HBO) – VENCEDORA
Amy Poehler por Parks and Recreation (NBC)
Lena Dunham por Girls (HBO)

Ator de Minissérie ou Telefilme
Matt Damon por Behind the Candelabra (HBO)
Michael Douglas por Behind the Candelabra (HBO) – VENCEDOR
Toby Jones por The Girl (HBO)
Al Pacino por Phil Spector (HBO)
Benedict Cumberbatch por Parade’s End (HBO/BBC)

Atriz em Minissérie ou Telefilme
Jessica Lange por American Horror Story: Asylum (FX)
Laura Linney por The Bic C: Hereafter (Showtime) – VENCEDORA
Helen Mirren por Phil Spector (HBO)
Elizabeth Moss por Top of The Lake (Sundance Channel/BBC)
Sigourney Weaver por Political Animals (USA Network)

Atriz Coadjuvante em Série Dramática
Anna Gunn por Breaking Bad (AMC) – VENCEDORA

Maggie Smith por Downton Abbey (PBS/ITV)
Emilia Clarke por Game of Thrones (HBO)
Christine Baranski por The Good Wife (CBS)
Morena Baccarin por Homeland (Showtime)
Christine Hendricks por Mad Men (HBO)

Ator Coadjuvante em Série Dramática
Bobby Cannavale por Boardwalk Empire (FX) – VENCEDOR
Jonathan Banks por Breaking Bad (AMC)
Aaron Paul por Breaking Bad (AMC)
Jim Carter por Downton Abbey (AMC)
Peter Dinklage por Game of Thrones (HBO)
Mandy Patinkin por Homeland (Showtime)

Atriz Coadjuvante em Série Cômica
Merritt Wever por Nurse Jackie (Showtime) – VENCEDORA

Mayim Bialik por The Big Bang Theory (CBS)
Jane Lynch por Glee (Fox)
Sofia Vergara por Modern Family (ABC)
Julie Bowen por Modern Family (ABC)
Jane Krakowski por 30 Rock (NBC)
Anna Chlumsky por Veep (HBO)

Ator Coadjuvante em Série Cômica
Tony Hale por Veep (HBO) – VENCEDOR
Adam Driver por Girls (HBO)
Jesse Tyler Fergunson por Modern Family (ABC)
Ed O’Neill por Modern Family (ABC)
Ty Burrell por Modern Family (ABC)
Bill Hader por Saturday Night Live (NBC)

Melhor reality show de competição
The amazing race (CBS)
Dancing with the stars (ABC)
Project runaway (Lifetime)
So you think you can dance (FOX)
Top chef (Bravo)
The voice (NBC) – VENCEDOR

Minissérie ou Telefilme
American Horror Story: Asylum (FX)
The Bible (History)
Behind the Candelabra (HBO) – VENCEDOR
Top of the Lake (Sundance Channel/BBC)
Phil Spector (HBO)
Political Animals (USA Network)

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme
James Cromwell por American Horror Story (FX) – VENCEDOR
Zachary Quinto por American Horror Story (FX)
Scott Bakula por Behind the Candelabra (HBO)
John Benjamin Hickey por The Big C (HBO)
Peter Mullan por Top of the Lake (Sundance Channel/BBC)

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme
Sarah Paulson por American horror story (FX)
Imelda Staunton por The girl (HBO) –
Ellen Burstyn por Political animals (USA) – VENCEDOR 
Charlotte Rampling por Restless (Sundance Chanel)
Alfre Woodard por Steel Magnolias (Lifetime)